Engenharia do Ambiente


Ramos de Especialização

  • Tratamento de Águas e Águas Residuais
  • Geoambiente

Candidaturas Os candidatos deverão preencher um boletim de candidatura fornecido pelo Departamento de Investigação Científica e Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto e entregá-lo neste departamento acompanhado dos seguintes documentos: (i) certificado de conclusão da licenciatura com notas descriminadas; (ii) curriculum-vitae; (iii) 1 carta de referência; (iv) cópia do bilhete de identidade; (v) 2 fotografias. São admitidos à matrícula no curso de Mestrado os titulares de diplomas de licenciatura em:

  • Perfil Académico A – Engenharia (Civil, Química, Sanitária, Minas, Mecânica, Geográfica, Agronómica), Ciências ou Engenharia do Ambiente, Química, Biologia, Geologia.
  • Perfil Académico B – Física, Ciências da Educação (Química, Biologia, Geografia, outras)

Todos os candidatos podem ter acesso ao 1º nível de formação (parte escolar do curso de Mestrado conducente ao certificado de Especialização), com qualquer média da licenciatura, desde que obtenham aproveitamento positivo num curso introdutório de Matemática e Aplicações Informáticas e que não se atinja o limite de capacidade do curso. Quando o número de candidatos for superior ao limite de capacidade da especialização, serão priorizados os candidatos com Perfil Académico “A” e melhor média da licenciatura. Tratando-se dum curso aberto a candidatos com diferentes perfis académicos, o acesso dos candidatos ao 2º nível de formação (dissertação de Mestrado conducente ao grau de Mestre) dependerá apenas da média da especialização (E). Será necessário que E ≥ 14. Quando o número de candidatos ao 2º nível de formação (dissertação de Mestrado) for superior ao limite de capacidade do mestrado, serão priorizados os candidatos com melhor média da especialização. Numerus Clausus

  • 1º ano do curso (parte escolar) – 30 alunos para cada ramo de especialização
  • 2º ano do curso (dissertação) – 10 alunos para cada ramo de especialização

  Destinatários Docentes, investigadores e técnicos superiores de (ou para) saneamento ambiental. O ramo de Tratamento de Águas e Águas Residuais destina-se à formação de técnicos orientados para a resolução de problemas específicos do Ambiente, designadamente o controlo de poluição, preparando-os para o exercício de actividade profissional nas áreas de programação, projecto, construção, exploração, conservação e avaliação do funcionamento de:

  • Infraestruturas de saneamento e controlo da poluição
  • Sistemas de abastecimento de água
  • Sistemas de drenagem e tratamento de águas residuais

O ramo de Geoambiente destina-se à formação de técnicos na gestão integrada de resíduos e na elaboração de projectos de sistemas de gestão e tratamento de resíduos, respondendo às necessidades actuais da sociedade e do mercado do sector dos resíduos. Para além de uma visão integrada, abordando os aspectos ambientais, sociais, económicos, tecnológicos e legais da gestão dos resíduos, necessária em estudos e projectos multidisciplinares, nomeadamente auditorias ambientais, sistemas de gestão ambiental nas empresas, avaliação e monitorização de impactes ambientais, desenvolvimento e monitorização de políticas e planos de gestão de resíduos, pretende-se que os formandos adquiram as capacidades técnicas necessárias para o desenvolvimento de projectos específicos de recolha, valorização, tratamento e destino final de resíduos. As saídas profissionais são diversas: empresas de prestação de serviços e de consultoria; administração provincial, municipal ou local; organismos públicos ou privados relacionados com o ambiente; indústria; laboratórios e instituições de ensino superior e de investigação. Coordenação Científica

  • Prof. Doutora Anabela Alexandre Leitão (Universidade Agostinho Neto)
  • Prof. Doutor Rui Alfredo Boaventura (Universidade do Porto).

  Corpo Docente Docentes da Universidade Agostinho Neto, Universidade do Porto, Universidade de Coimbra, Instituto Politécnico de Viana do Castelo e Instituto Politécnico de Bragança ao abrigo de acordo celebrado com a Universidade do Porto. Ensino e avaliação Os métodos de ensino e avaliação constam da ficha de cada disciplina do curso. Organização A estrutura responsável pela organização e gestão do curso é o LESRA em parceria com a Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto. Disciplinas Ver Decreto Exectutivo Nº 231/12 de 27 de Julho (Diário da República, I Série, Nº 144 de 27 de Julho de 2012). Calendário O curso será ministrado bi-anualmente desde que se reúnam as condições financeiras para o efeito. Propinas e taxas Propinas: 6 000,00 USD, a pagar 50% no acto da matrícula e 50% no acto de inscrição no 2ª ano. Taxas e Emolumentos: as fixadas pela Universidade Agostinho Neto para os cursos de pós-graduação.